Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Monday, April 09, 2012

Violetas

















O   
poema   nasce
dentro   das   tuas   mãos
sempre   que   repousa
nelas    o    teu   rosto .




Fernando   Guimarães

5 comments:

São said...

Lindissimo!

O meu grato beijo, Maria

Nilson Barcelli said...

Mas cada post teu é um poema.
Quanta poesia deve existir nos teus olhos...
Querida amiga, tem uma boa semana.
Beijos.

Smareis said...

Maravilhoso, versos que me encanta.

Desejo que sua páscoa tenha sido excelente.
Uma ótima semana!
Um grande abraço!

poetaeusou . . . said...

*
belo,
o rosto,
da palma da mão !
,
avioletadas conchinhas,
deixo,
*

Lilá(s) said...

Simples e encantador!!
Bjs