Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Wednesday, April 25, 2012

Alfazema



Esta é a madrugada que eu esperava
 O dia inicial inteiro e limpo 
Onde emergimos da noite e do silêncio 
E livres habitamos a substância do tempo.




 Sophia de Mello Breyner  

6 comments:

AC said...

Liberdade, um tesouro a preservar. Sempre.

Beijo :)

Mari said...

Perfeito!!

Tenha um dia maravilhoso!
Beijos!♥

São said...

Não deixemos que destruam a luz dessa madugada que toda a gente de bem ansiava!

Abraço fraterno, Maria

Lilá(s) said...

Era preciso agradecer às flores
Terem guardado em si,
Limpida e pura,
Aquela promessa antiga
De uma manhã futura.

Sophia de Mello Breyner

Beijinhos

Emília Pinto e Hermínia Lopes said...

Adorei este poema, amiga! Embora andemos todos desanimados com o rumo do nosso Portugal, não podemos deixar de sentir o orgulho que tivemos nesse dia em que passamos da ditadura à democracia sem lutas e derramamento de sangue. Apesar de tudo, temos motivos para continuar a acreditar em Portugal e nos portugueses. Um beijinho e um bom fim de semana
Emília

Marilu said...

Querida amiga, lindo. Tenha uma final de semana excelente. Beijocas