Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Friday, June 24, 2011

Alfazema















Vós que lá do vosso Império
prometeis um mundo novo ,
calai-vos , que pode o povo
qu'rer um mundo novo a sério.

Que importa perder a vida
em luta contra a traição ,
se a razão mesmo vencida ,
não deixa de ser razão .

P'ra mentira ser segura
e atingir profundidade
tem de trazer à mistura
qualquer coisa de verdade.

Há luta por mil doutrinas .
Se querem que o mundo ande ,
Façam das mil pequeninas
Uma só doutrina grande .

Sem que discurso eu pedisse,
ele falou, e eu escutei.
Gostei do que ele não disse ,
do que disse não gostei.

Nas quadras que a gente vê ,
quase sempre o mais bonito
está guardado pr'a quem lê
o que lá não está escrito !


António  Aleixo _  Este livro  que  vos  deixo _

9 comments:

paulo said...

António Aleixo , bela escolha .

Beijos

Nilson Barcelli said...

Há quanto tempo não lia António Aleixo...
Querida amiga Maria, tem um bom fim de semana.
Beijos.

Mariazita said...

Bom dia, Maria
São sempre agradáveis de ler as quadras de António Aleixo.
Tenho na minha "biblioteca" este livro, que de vez em quando folheio.
Obrigada pelo seu carinho e cuidado com minha saúde:)

Uma semana cheia de Luz.
Beijinhos

Smareis said...

Lindo poema do António Aleixo... Parabéns pela escolha. Um abraço e ótimo começo de semana.

Rua Sem Dono said...

Cor da Flor!

Que privilégio em conhecer através de ti esse maravilhoso poeta Português, eu que nem sabia o que eram quadras, mesmo sempre as escrevendo, lendo as de Antonio Aleixo me deliciei com sua capacidade em dizer tanto e tão profundo em tão pouco espaço. Obrigado

Beijos

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Gostei da sua escolha.
Beijo.

Lilá(s) said...

Boa escolha! também quero um mundo a sério...sou povo...
Bjs

Rafael Castellar das Neves said...

Muito bonito!! Texto e imagem!!

[]s

SOL da Esteva said...

É sempre bom relembrar António Aleixo...
Boa e oportuna escolha.

SOL