Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, June 18, 2011

violetas




































Venham leis e homens de balanças ,
mandamentos d'aquém e d'além mundo .
Venham ordens , decretos e vinganças ,
desça em nós o juízo até ao fundo .


Nos cruzamentos todos da cidade
a luz vermelha brilhe inquisidora ,
risquem no chão os dentes da vaidade
e mandem que os lavemos a vassoura.


A quantas mãos existam peçam dedos
para sujar nas fichas dos arquivos .
Não respeitem mistérios nem segredos
que é natural os homens serem esquivos .


Ponham livros de ponto em toda a parte ,
relógios a marcar a hora exacta .
Não aceitem nem queiram outra arte
que a prosa de registo , o verso acta.


Mas quando nos julgarem bem seguros ,
cercados de bastões e fortalezas ,
hão-de ruir em estrondo os altos muros
e chegará o dia das surpresas .




José Saramago _ Os Poemas Possíveis , 1966 _

10 comments:

Andradarte said...

...oi..oi....Ao tempo que esse dia
é esperado....
Bom f.s.
Beijo

Nilson Barcelli said...

Fabuloso.
Excelente escolha, minha querida amiga.
Beijos.

paulo said...

Querida Amiga ,
excelente .

beijos

Miguel said...

"que é natural os homens serem esquivos".

Duvidar de Saramago? Como?

A beleza das mulheres nos amedronta e nos faz esquivos, será isso?

Beijo querida, até outras vezes...

Rua Sem Dono said...
This comment has been removed by the author.
Smareis said...

Querida, lindíssimo. Bela escolha!
Desejo um ótimo começo de semana cheio de coisas maravilhosa pra você. Um Abraço!

mizia said...

Visite meu blog, tem um " Selinho Inspiração para você ! ... Ficarei contente!
Beijinho
mizia

ALUISIO CAVALCANTE JR said...

Querida amiga

Saramago
tinha o dom
de emprestar palavras
aos nossos silêncios.

Vida plena em teus dias.

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Este chilrear dos pássaros, esta cor lilás, estas violetas, este cheirinho de alfazema, e estes poemas que gentilmente selecciona para nós, dão-me uma incomensurável paz.

Lilá(s) said...

Hum, que bem se está aqui! a música, as violetas, o poema...fiquei um tempão!
Bjs