Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Tuesday, August 10, 2010

Alfazema .



*
Até o jada se parte ,
até o ouro se dobra ,
até a plumagem de quetzal se despedaça ...
Não se vive para sempre na terra !

Duramos apenas um instante !

*
Poema Azteca _ Rosa do Mundo , 2001 poemas para o futuro _

11 comments:

Elaine Barnes said...

Como já disse Oswaldo Montenegro:" Pra sempre não é todo dia"
Amiga estou bem melhor já e voltei a trabalhar ontem. Falta pegar o ritmo,mas, já estou me movimentando.
Obrigada pelo carinho. Montão de bjs e abraços

AC said...

Mas a dignidade está em viver esse instante por inteiro.

Beijo :)

Andradarte said...

Vive-se o suficiente, se for
bem aproveitado.
Beijo

Marilu said...

Querida amiga, temos que viver o agora, amanhã nem sabemos se existe...Beijocas

Noslen ed azuos said...

...que lindo, Azteca! que interessante e quero mais rsrs...brincadeira, vou pesquisar.

bjs
ns

Lilá(s) said...

Instante esse que é preciso aproveitar.Lindo como sempre.
Bjs

Daniele O said...

Oi!
Por isso temos que fazer o que nossa criança interior pede!
Ser feliz é o melhor que temos a fazer!
O hoje é um presente lindo!
Bjs!
Ser Estranho Ser!

poetaeusou . . . said...

*
eu quero as minhas violaceas,
alfazemas, liláses,
roxos violetas !
,
gostei da citação,
,
arroxeadas conchinhas !,
deixo,
,
*

Marilu said...

Querida amiga, tenha um lindo final de semana...Beijocas

Lua Nova said...

Um instante perante a eternidade de onde viemos e para onde iremos.
Mas enquanto durar esse instante, hei de vivê-lo intensamente.
Minha cara, encontrei seu blog, naveguei por ele e o achei encantador.
Convido-a para conhecer meu espaço e tomar um chocolate comigo, aproveitando o friozinho.
Um domingo feliz pra vc.
Beijos.

A.S. said...

O mundo... a vida, sempre nos surpreende.
E é tudo tão breve!

BjO´ss
AL