Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, June 30, 2012

Alfazema

















Dai - nos , meu Deus ,
um    pequeno   absurdo  quotidiano que   seja ,
que  o   absurdo   ,  mesmo   em   curtas   doses   ,
defende   da   melancolia  ,
e
nós   somos   tão   propensos   a    ela  !


Alexandre  O´Neill

9 comments:

Andradarte said...

O,Neill lá sabia do que falava....
Beijo

Rua Sem Dono said...

Cor da Flor!

Que lindas palavras...Ser poeta deve ser escrever ao outro o que ele sente e jamais conseguiria expressar.

Beijos

Lidi Horácio said...

Humm q cheirinho bom...


Beijocas :*
Boa Semana ")

AC said...

Maria,
Há absurdos e absurdos, mas dos que leio nas palavras do poeta são sempre matéria a cultivar.

Beijo :)

Sonhadora said...

Minha querida

Que esses absurdos de que fala o poeta, pelo menos desenhem um sorriso no rosto.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Se somos! Mas o som dos passarinhos desperta-nos dessa melancolia.
Um abraço apertado.

Nilson Barcelli said...

O poeta está cheio de razão.
Maria, minha querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

São said...

Foi bom encontrar Alexandre.

Um bom final de semana, Maria

poetaeusou . . . said...

*
já comentei ? penso . . .
,
só o meu Deus,
está a mais,
em,
Alexandre O´Neill
.
boa escolha,
parabens !
*