Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Friday, April 29, 2011

violetas

Recomeça
se puderes ,
sem angústia e sem pressa.
E os passos que deres,
nesse caminho duro
do futuro,
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
não descanses.

De nenhum  fruto  queiras  só  metade.

E , nunca saciado ,
vai colhendo
ilusões sucessivas no pomar
E vendo
acordado,
o logro da aventura.


És homem , não te esqueças !
Só é tua a loucura
onde , com lucidez , te reconheças .




Miguel  Torga

5 comments:

AC said...

Talhado em boa cepa, a integridade foi sempre companheira inseparável de Torga...

Beijo :)

Lilá(s) said...

Recomeçar custa mas já Torga o dizia "Enquanto não alcances
não descanses"
Bjs

Miguel said...

É fato, não devemos descansar se não alcançarmos nossos ideais. Linda poesia. Beijo Lilás, até outras vezes.

Beatriz Prestes said...

Vim aqui inspirar cores e versos...
Saio impulsionada por este não desistir jamais...
Beijo amiga querida
Bea

ISA said...

Miguel Torga tinhas as suas razões: determinação, integridade, persistência sempre o acompanhou...
Obrigada pela visita ao meu blog... Se desejar adquirir o meu recente livro pode pedir numa mensagem, eu envio pelos CTT com autógrafo.
Beijinhos
sua amiga
Isabel