Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, February 12, 2011

Violetas




Estou sentindo uma clareza tão grande
que me anula como pessoa atual e comum.
É uma lucidez vazia , como explicar
?

Assim como um cálculo matemático perfeito
do qual , no entanto , não se precise.
Estou por assim dizer
vendo claramente o vazio.
E nem entendo aquilo que entendo ...
pois estou infinitamente maior que eu mesma ,
e não me alcanço .
Além do que ...
que faço dessa lucidez
?Sei também que esta minha lucidez
pode-se tornar o inferno humano .
Pois sei que
em termos de nossa diária
e permanente acomodação
resignada à irrealidade
essa clareza de realidade
é um risco.
Apagai , pois , minha flama , Deus ,
porque ela não me serve para viver os dias.

Ajudai-me a de novo consistir
dos modos possíveis .
Eu consisto,
eu consisto ,
amém.

Clarice Lispector

10 comments:

AC said...

A lucidez é dura, a lucidez é solidão...
Maravilhoso texto nos trouxe, Maria!

Beijo :)

Andradarte said...

Deus a oiça...Bonito texto
Beijo

São said...

A lucidez é um prazer que se paga caro.

Bom fim de semana.

paulo said...

Sabes o que anula certa dureza da da tua lucidez , a tua doçura .
Já tenho experimentado essa tua faceta e continuo a gostar muito de ti .

Beijos

Mariazita said...

Olá, Maria
Lindo e muito acertado este texto de Clarice - que muito aprecio.

A «Casa da Mariquinhas» festeja hoje o seu 3º.aniversário e oferece um selinho aos seus visitantes.
Dás-me o prazer de ir buscá-lo?

Boa semana. Beijinhos

Nilson Barcelli said...

Belíssima escolha poética.
E as flores são lindas, querida Maria.
Boa semana, beijos.

Lilá(s) said...

Descobres cada texto mais lindo!o teu baú deve mesmo estar bem recheado...
Bjs

Beatriz Prestes said...

Que texto instigante!!
Li e reli minha amiga!
Beijão muito carinhoso
Bea

Naty said...

Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos.

Autor Miguel Unamuno
Bjs com carinho

Noslen ed azuos said...

que momento de sinceridade em poesia, um momento de superação, quase um respirar para refletir no novo aguentar.

bjs
ns