Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Wednesday, September 22, 2010

Violetas


*
Não há revolta no homem
que se revolta calçado.
O que nele se revolta
é apenas um bocado
que dentro fica agarrado
à tábua da teoria.

Aquilo que nele mente
e parte em filosofia
é porventura a semente
do fruto que nele nasce
e a sede não lhe alivia.

Revolta é ter-se nascido
sem descobrir o sentido
do que nos há-de matar.

Rebeldia é o que põe
na nossa mão um punhal
para vibrar naquela morte
que nos mata devagar.

E só depois de informado
só depois de esclarecido
rebelde nu e deitado
ironia de sabero que só então se sabe
e não se pode contar.
*
*
Natália Correia

5 comments:

São said...

Em primeiro lugar, quero agrdecer-lhe sinceramente a amabilidade de ter ido ao meu espaço dar-me parabéns!

Agora , já posso dizer-lhe que foi uma alegria ler Natália Correia e ter tido hipótese de a conhecer a si.

Bem haja!

AC said...

Natália contundente e certeira...

Beijo :)

Lilá(s) said...

Natália é assim, sempre agradável de ler.
Beijos

Daniele O said...

Oi!
Que belo poema!
Bjs
Ser Estranho Ser!

Marilu said...

Querida amiga, lindo poema. Beijocas