Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, July 10, 2010

Violetas .


*
Ó meu menino da rua
Só , com uma chave na mão ...
Quem é que brinca contigo ?
Quem é que pede perdão ?
*
*
Matilde Rosa Araujo

8 comments:

Daniele O said...

Oi!
E eu que ando aqui, para encontrar ...
Que bela cor lilás a encantar, e o aroma paira no ar!
Que maravilha !
Bjs!
Ser Estranho Ser!

Marilu said...

Querida amiga, que lindo poema...Beijocas

Elaine Barnes said...

Bem,não entendi o que a Matilde quis dizer,não captei,mas,não deixa de ser uma frase de solidão. O importante é que ele tem a chave e logo verá a saída.
Montão de bjs e abraços e um excelente domingo pra você amiga

AFRICA EM POESIA said...

Maria

Quando fomos meninos felizes queremos sempre que pelo menos as crianças sejam tão felizes como nós fomos..

um beijo


Linda Postagem de Matilde Rosa Arújo
que tanto se dedicouà escrita infantil e que quase não se falou...


Beijos


Quado tomamos um café no PORTO?

AC said...

Meninos de rua, meninos que conhecem cedo o lado mais cruel da vida...

É sempre bom recordar estas coisas.
Beijo

~*Rebeca e Jota Cê*~ said...

E que essa criança de rua, encontre o caminho certo para o aconchego de um lar.

Maria, menina linda, suas palavras sempre cheias de carinho.

Você é uma querida.

Beijo imenso.

Rebeca

-

Lilá(s) said...

Posso repetir: "adoro o teu espaço" pronto já está...
Bjs

a magia da noite said...

há na ausência do perdão uma luz que não descola do chão.