Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, December 15, 2012

Alfazema

















Falar do trigo e não dizer
o joio. Percorrer
em voo raso os campos
sem pousar 
os pés no chão.

Abrir  um fruto e sentir
no ar o cheiro
a alfazema.

Pequenas coisas ,
dirás , que nada 
significam perante
esta outra, maior . . .
dizer o indizível .

Ou esta . . .entrar sem bússola
na floresta e não perder o rumo .

Ou essa outra , maior
que todas e cujo
nome por precaução
omites.

Que  é  preciso , ás  vezes ,
não  acordar  o  silêncio .



Albano  Martins

15 comments:

São said...

Desconhecia e te agradeço, Maria, a descoberta de alguém que escreve muito bem.

Abraço lomgo.

AC said...

Maria,
Quanta sensibilidade do poeta, libertando odores da alma sem os violentar.

Beijo :)

vieira calado said...

Um esbelto poema, sim senhor!

Saudações minhas!

Sonhadora (RosaMaria) said...

Minha querida

Passando hoje apenas para agradecer a presença carinhosa no meu aniversário.

Um beijinho
Sonhadora

Lilasesazuis said...

✽. ¸ ¸. • * `❀ ✽. ¸ ¸. • ✽
Olá...

Adoro alfazemas, cultivo violetas...

Amei as cores e versos do seu cantinho.

Beijinhos,

Lígia e turminha
✽. ¸ ¸. • * `❀ ✽. ¸ ¸. • ✽

Isabel Maria Rosa Furtado Cabral Gomes da Costa said...

Cada frase deste poema é uma pérola. Obrigada pela partilha. E termina com chave de ouro: "Que é preciso, às vezes, não acordar o silêncio."
Santo e Feliz Natal.

Smareis said...

Magnifico poema. Não conhecia o autor.Ótima escolha!

Aproveito desde já, pra te desejar um Natal cheio de muitas alegrias, e que o espírito do Natal te guie durante o ano novo que está para começar.
Obrigada pela sua presença em 2012 no meu blog. O meu desejo é que possamos estar trilhando novamente em 2013.
Ótimo final de Ano, e maravilhoso começar de Novo Ano.
Feliz Natal e Próspero Ano Novo!
Beijos!

Refletindo com a Smareis

Emília Pinto e Hermínia Lopes said...

Não perder o rumo...saber sempre separar o trigo do joio...dar prioridade às pequenas coisas que enchem o nosso coração de luz é o que devemos fazer para enchermos a nossa alma de essência. E é isso que te venho desejar; muita paz no coração e que este espírito natalicio que se vive agora e que mostra o que de melhor o ser humano tem se mantenha na tua vida todos os dia, pois Natal deve ser sempre. Fica bem, amiga e muito obrigada pelo carinho. Feliz Natal!
Emília

Andradarte said...

O silêncio é de ouro.....?nem sempre.
Estou programando...pois vou para fora. Um Santo Natal para todos os
seus...e 2013 melhor possível...
Beijo

Nilson Barcelli said...

Mais uma excelente escolha poética.
Tal como a foto.
Minha querida amiga, tem um Feliz Natal, extensivo aos que te são mais queridos.
Beijinhos.

Mariazita said...

Maria, minha amiga
Lindas, suas palavras na minha «CASA». Obrigada!

Albano Martins, um poeta talvez não muito conhecida, mas com uma poesia muito profunda, que nos leva a reflectir no que escreve.
O poema que escolheu é muito bonito.
Mas veja este, que tenho gravado (talvez porque me diz muito...):

"Cedo ou tarde

Devias saber
que é sempre tarde
que se nasce, que é
sempre cedo
que se morre. E devias
saber também
que a nenhuma árvore
é lícito escolher
o ramo onde as aves
fazem ninho e as flores
procriam."

Não é uma maravilha?

Um Natal muito feliz e um Ano Novo cheio de bençãos.
Beijinhos


ALUISIO CAVALCANTE JR said...

Querida amiga

Que neste Natal,
diante das pessoas que amamos,
possamos ofertar a elas,
o melhor presente
que desejassem receber:
Nossa vida...
Nosso carinho...
Nosso coração.

Para quem crê na vida,
Natal se faz a cada dia.
Que assim seja o Natal
Em tua vida.

Aluísio Cavalcante Jr.

Sonhadora (RosaMaria) said...


Minha querida

Que todos os teus dias sejam Natal e do coração nunca se apague o sol
Que todos os momentos sejam plenos de felicidade...amor e esperança
Que todos os sonhos se transformem em realidade com a força do amor
Que o espírito do verdadeiro Natal renasça nas mãos de uma criança

Os meus votos de Feliz Natal junto de todos que te são queridos e
que a felicidade e o amor estejam sempre presentes na tua vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

poetaeusou . . . said...

*
Virtual Amiga,
,
na seara dos meus olhos,
li e reli um belo poema !
uma prenda no rumo do meu
retorno nesta quadra festiva,
um Mar de Felicidade,
entre ondas de Saúde,
desejo-te,

Luzentes Conchinhas,
ficam.
*

ONG ALERTA said...

Feliz Natal beijo Lisette.