Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, October 20, 2012

Alfazema






















Que   medo   tenho
de   ir   perdendo   a   sorte
em   armários  de   gente  imperfeita . . .




António  Franco   Alexandre


19 comments:

Andradarte said...

Não há que ter medo....
Um BFS
Beijo

São said...

Não conhecia...

Bom fim de semana, Maria

Luis Filipe Gomes said...

Não conheço!
Melhor, não me despertou interesse conhecer.
Como se pode prestar atenção a poetas que assinam com três nomes?
O mesmo é válido para desenhadores.

Nilson Barcelli said...

Pouca sorte com gente imperfeita é o pior que nos pode acontecer.
Maria, tem um bom fim de semana.
Beijo.

AC said...

Imperfeitos todos somos, com ética e dignidade nem por isso.

Beijo :)

O Profeta said...

Sopram ventos de melancolia
Transparente é o cinza que a tua alma encerra

A minha pobreza é a falta de um par de asas
Encontrei um lugar de reinvenção das sombras
Pensei virar as costas ao tempo e ao deslumbramento
E aí houve estranhamente o amanhecer das minhas palavras

E passei para te deixar


Um mágico beijo

Smareis said...

Depois de um tempinho ausente aqui estou pra matar a saudades...

Não conhecia esse poeta.
Linda palavras!


Deixo um grande abraço, com desejo de uma ótima semana!
Beijos!

Emília Pinto e Hermínia Lopes said...

Mensagem curta, mas profunda. Somos imperfeitos...e só podemos ter companhia de gente imperfeita, pois não há ser humano perfeito. Mas...ainda por cima ter pouca sorte...bem...aí já muito azar. Mas, não há que ter medo!!! Beijinhos e uma boa semana
Emília

Lilá(s) said...

Não há que ter medo, seres humanos perfeitos não existem...
Boa semana
Beijinhos

Morgan Nascimento said...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Mariazita said...

Bom dia, Maria
Confesso a minha ignorância - não conhecia este autor.
Dei uma espreitadela na Wikipédia e fiquei a saber que António Franco Alexandre tem tido uma vida muito cheia de experiências que o devem ter enriquecido.
Gostei desta frase, simples mas profunda.

Beijinhos

Sonhadora (RosaMaria) said...

Minha querida

Não conhecia este autor, mas vou tentar conhecer.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Nilson Barcelli said...

A sorte dá muito trabalho... e os preguiçosos é quem mais a desejam...
Maria, querida amiga, tem um bom fim de semana.
Beijo.

Marilu said...

Querida amiga, teu blog é tão lindo que sente-se o perfume da alfazema. Beijocas

São said...

Amiga, tens uma oferta para ti no "são": espero que te agrade e aceites.

Bons sonhos, Maria

O Profeta said...

São mudas as neblinas nesta ilha
É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
Oiço o mar com os meus próprios dedos
Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

Parti e deixei no cais mil dúvidas
Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
Nesses dias bebi sofregamente a vida
Nesses dias a minha alegria era incontida

Um radioso domingo


Doce beijo

Lilá(s) said...

Por onde andam as violetas? perdidas no meio das alfazemas?
Bjs

Sonhadora (RosaMaria) said...

Minha querida

Passando para aspirar o cheiros da alfazema e deixar um beijinho com carinho.

Sonhadora

António Jesus Batalha said...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais,mas gostaria que não se sinta constrangido a seguir, mas faça-o apenas se desejar, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e muita paz e saúde.