Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Friday, January 20, 2012

alfazema






















Obrigado por todos os sonhos impossíveis ,
E pelas notas de amor que o violino não vibra !
Obrigado por esta solidão que me esfarpa e me liberta !
Mas sobretudo obrigado pela lágrima que veio ,
Inesperada , sorrir nos meus olhos !




 Cristovam Pavia

6 comments:

AC said...

Quando a vida ainda nos deleita...

Beijo :)

Lilá(s) said...

Por vezes uma lágrima liberta-nos de tanto...
Bjs

。♥ Smareis ♥。 said...

Por vezes as lágrimas lavam nossa alma. Beijos e ótima semana.

ALUISIO CAVALCANTE JR said...

Querida amiga

Há tanta tristeza
nestas poucas palavras,
que não sei
se o agradecimento
não é também
um tributo a solidão...

Que a chama da alegria
esteja sempre acesa em ti.

Emília Pinto e Hermínia Lopes said...

É bom sonhar, mesmo quando sabemos que são sonhos impossíveis; as lágrimas essas, podem ser de alegria, de tristeza...de grande sofrimento às vezes, mas são libertadoras e com elas sempre vai saindo um pouco da dor...ela vai ficando menor. na solidão refletimos...conversamos com o nosso " eu " mais profundo que às vezes tão bons conselhos nos dá. É vida tudo isto...sonhos, lágrimas...sorrisos...solidão...
tudo com o necessário equilíbrio. Às vezes a vida desiquilibra, mas mesmo assim continua sendo vida. Um beijinho, amiga e até breve
Emília

Nilson Barcelli said...

Excelente escolha poética.
Gostei muito.
Beijo, querida Maria.