Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Wednesday, December 29, 2010

Violetas


*
Imagino que sobre nós virá um céu
de espuma e que , de sol em sol ,
uma nova língua nos fará dizer
o que a poeira da nossa boca adiada
soterrou já para lá da mão possível
onde cinzentos abandonamos a flor.

Dizes ... põe nos meus os teus dedos
e passemos os séculos sem rosto ,
apaguemos de nossas casas o barulho
do tempo que ardeu sem luz.
Sim , cria comigo esse silêncio
que nos faz nus e em nós acende
o lume das árvores de fruto.

Diz-me que há ainda versos por escrever ,
que sobra no mundo um dizer ainda puro.



Vasco Gato
Colin Fraser

4 comments:

poetaeusou . . . said...

*
Amiga
,
que as vagas de 2011,
te tragam um mar de saúde e
marés de coisas boas (se possível)
,
conchinhas de amizade,
,
*

Lilá(s) said...

Este teu velho hábito de postar imagens e poemas tão a meu gosto! quase me deixam sem jeito para comentar...
Um Bom Ano para ti e que continues a advinhar os meus gostos (para meu prazer claro)
Beijinhos grandes

Rua Sem Dono said...

Toda fome do mundo.

Hoje eu vi um macaco comendo uma banana
Mas não uma banana dessas qualquer
Uma banana que nela se encontrava toda sua sobrevivência e toda sua fama
E com a calma de quem quer só viver tirou a casca da banana antes de comer, só faltou a colher

Sentado na sua triste jaula
E no olhar uma tristeza... Não! Eu que como humano a enxerguei
Pois a ele bastava saciar sua fome: fundamental aula
Que como homo sapiens nunca a entenderei

Hoje eu vi um macaco comendo uma banana
E deveria ser assim sempre
Ver toda fome ser saciada seja ela qual for.

Marcos Silva

ALUISIO CAVALCANTE JR said...

Querida amiga

Hoje a minha visita
é para agradecer.
Cada visita sua ao meu espaço
de sentimentos,
inspira alegrias em
minha vida,
e leva o que de melhor
existe em mim.

Sua amizade é preciosa
em minha vida,
e há de continuar a ser
neste novo ano
que está nascendo.