Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, May 08, 2010

Violetas .



Aqui, na Terra, a fome continua .
A miséria , o luto , e outra vez a fome.

Acendemos cigarros em fogos de napalme
E dizemos amor sem saber o que seja.
Mas fizemos de ti a prova da riqueza ,
E também da pobreza , e da fome outra vez.
E pusemos em ti sei lá bem que desejo
De mais alto que nós, e melhor e mais puro.

No jornal, de olhos tensos, soletramos
As vertigens do espaço e maravilhas ...
Oceanos salgados que circundam
Ilhas mortas de sede, onde não chove.

Mas o mundo, astronauta , é boa mesa
Onde come, brincando, só a fome,
Só a fome, astronauta, só a fome .
E são brinquedos as bombas de napalme.

José Saramago
_ Poemas possíveis _

10 comments:

Luis Filipe Gomes said...

Quando o Manuel Freire cantou este poema lembro-me de me ter interrogado sobre quem seria este poeta.

Elaine Barnes said...

É triste a fome, a miséria a sede que se alimentam de morte e luto. Ninguém deveria morrer pela falta,quando a Terra é tão rica.Montão de bjs e abraços

Lilá(s) said...

E assim continuará, resta-nos o aroma das violetas.
Bjs

MEU DOCE AMOR said...

Resta-nos o aroma das violetas,como dizes.Mas a cor violeta é transmutação...é o que nos resta Querida Violeta,força, coragem e União.

Beijinho doce e bom fim de semana

Tenho lá a roda...

http://vemsonharcomigo.blogspot.com/

~*Rebeca e Jota Cê*~ said...

Poesia em alerta.

Obrigado pelos parabéns.

O comentário realmente não entrou.

Mas se o fígado agradeceu, então está valendo.

até mais.

Jota Cê

~*Rebeca e Jota Cê*~ said...

A fome deveria não ser tão malvada. Como dói saber que essa luta continua desigual.

Maria, Maria, Maria? Você está aí? É que quero dizer que você é linda...

Beijo do tamanho do meu carinho.

Rebeca

-

ALUISIO CAVALCANTE JR said...

Amiga.

Saramago apesar de gênio,
consegue de modo simples nos tocar o coração,
e cobrar de nós
posições que justifiquem o nosso existir,
por meio de palvras duras,
mas verdadeiras.

Que a vida esteja plena em ti.

Nilson Barcelli said...

Querida amiga, escolheste um belo poema.
Obrigado pela partilha.

Bom resto de semana.
Beijo.

Fragmentos Betty Martins said...

.________querida Lilaz





José Saramago_________a apresentação está feita.

e de forma perfeita com este poema

.

excelente post



___________///






beijO_______ternO

Barbara said...

"É porque talvez, sabemos o nome que nos deram mas não o nome que temos"
José Saramago