Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, January 16, 2010

Violetas .


A cidade caía
casa a casa
do céu sobre as colinas,
construída de cima para baixo
por chuvas e neblinas .
Encontrava
a outra cidade que subia
do chão com o luar
das janelas acesas ,
E no ar
o choque as destruía ,
silenciosamente,
de modo que se via
apenas a cidade inexistente.

Carlos de Oliveira

7 comments:

Lilá(s) said...

Como é bom haver violetas contrastando com o cinzento do dia...
Bjs

carlota said...

Era tão bom que o aroma das violetas e da alfazema chegasse ao local daqueles que neste momento inalam cheiros tão desagradáveis...e, pudesse minimizar a dor.... a alfazema tem esse dom!!!

BC said...

Sempre maravilhosa estas tuas violetas, onde podemas cheirar um odor maravilhoso.
Beijo

O Profeta said...

O troar do trovão, esta incessante chuva
As estrelas choram todas as mágoas na terra
Onde param os Anjos, porque não nos acodem os Santos
O mal e o bem porfiam esta eterna guerra

As casas do sul ruiram todas
Tal como a esperança desesperada
Toquei no rosto de uma criança triste
Senti uma paz surgir do nada


Mágico beijo

Lilazdavioleta said...

Carlota ,

todos os tons lilaz têm o vários dons , entre eles o da cura .
Alfazema , alia o aroma .
Se me fosse possível ter um grande campo em vez de um blog , talvez contribuísse para esse minimizar .

Assim ... só com o puder da mente .

Muito obrigada pela visita .

Pepe Luigi said...

Esta minha prolongada ausência não impede, ainda que tardiamente de lhe desejar votos de muitas felicidades e venturas, e de muito amor para este ano de 2010.
Um beijinho do
Pepe

Lilazdavioleta said...

Pepe Luigi ,

mas que agradável surpresa .
Muito obrigada pelos votos e claro que retribuo , se for possível em dobro .

Tentei entrar no seu blog e não foi possível .

Um beijinho