Olho por olho , e o mundo ficará cego .











Mahatma Gandhi








Saber


Vi _Ver .



Saturday, January 23, 2010

Alfazema .




Ser a moça mais linda do povoado ,
Pisar, sempre contente , o mesmo trilho,
Ver descer sobre o ninho aconchegado
A bênção do Senhor em cada filho.

Um vestido de chita bem lavado,
Cheirando a alfazema e a tomilho…
Com o luar matar a sede ao gado ,
Dar às pombas o sol num grão de milho…

Ser pura como a água da cisterna,
Ter confiança numa vida eterna
Quando descer à terra da verdade …

Meu Deus , dai-me esta calma , esta pobreza!
Dou por elas meu trono de Princesa,
E todos os meus Reinos de Ansiedade.

Florbela Espanca
 

8 comments:

Luis Filipe Gomes said...

É simplesmente belo e com um ritmo e uma energia arrebatadora.
Luís

Nilson Barcelli said...

O bom gosto das tuas escolhas é inega´vel e uma constante. Nas fotos e nos poemas. E isso aconteceu uma vez mais neste post.
Querida, um bom fim de semana.
Um beijo.

José Marinho said...

Obrigado pela visita. Fez bem em lembrar Florbela; é um belo poema. Tudo de bom.

Lilá(s) said...

Bela imagem! E Florbela é sempre uma boa escolha.
Bjs

Lilazdavioleta said...

Olá Lilá( s )

obrigada pela visita .

Tenho tentado retribuir , mas não consigo entrar no seu blog .
Lamento , e vou tentar descobrir o motivo .

Um beijo

BC said...

Lindo este teu poema da alfazema, tão puro, tão genuíno.
Amei.
A imagem maravilhosa, e como o Nilson diz de um grande bom gosto.
Beijo

Beatriz Prestes said...

Versos num compasso fantástico!
Eu me sinto em meio a magia de um sonho quando estou aqui!
Teu blog e teus escritos, são lindos demais!
Beijo carinhoso
Bea

Fragmentos Betty Martins said...

.__________olá:) minha querida




(estou de regresso das férias)



.e vim agradecer a visita e palavras.volte sempre:)



________com esta cor alé da beleza tem o poder de acalmar_____...


...



excelente escolha__________F.Espanca


sem______palavras








_______________///











beijO________ternO